7 dicas de segurança do trabalho no transporte de cargas

Imagem de destaque

Se você é gestor de frotas, é fundamental conhecer medidas de segurança do trabalho no transporte de cargas.

Nesse sentido, contar com um sistema de gestão logística é uma maneira moderna e eficaz de garantir que os processos irão acontecer de maneira eficiente e segura.

Pensando nisso, a BRK Tecnologia escreveu este artigo, no qual você poderá conferir dicas para aumentar a segurança do processo de transporte de cargas.

Boa leitura!

Afinal, em que consiste a seguranca do trabalho no transporte de cargas?

Você que trabalha com o transporte de cargas sabe que essa é uma atividade que envolve alguns riscos. Transportá-las pelas vias, mesmo que dentro dos limites de um município, envolve alguns perigos, como acidentes, roubo de carga, pane no veículo, entre outros.

Com isso, tanto o condutor quanto a carga correm o risco de serem afetados por algum incidente. Dessa forma, a segurança do trabalho no transporte de cargas consiste em ações de prevenção, com o intuito de diminuir as ocorrências de qualquer tipo de problema.

Por essa razão, é fundamental investir em soluções para o gerenciamento de riscos no transporte de cargas.

Assim, essa é uma forma de a sua empresa proporcionar maior segurança para os colaboradores, bem como para os clientes, que contam com o transporte eficiente e seguro de seus produtos.

Caso contrário, sua empresa pode ter funcionários desmotivados e preocupados, o que, provavelmente, vai resultar em um trabalho menos eficaz.

No próximo tópico, vamos comentar com mais detalhes a importância desse gerenciamento de risco para a sua empresa. Portanto, continue a leitura.

Segurança do trabalho no transporte de cargas: qual a sua importância?

Uma triste realidade enfrentada, principalmente por quem trabalha ao volante, é a situação precária das estradas do Brasil. Infelizmente, ainda há muito a se fazer para que as condições melhorem.

Isso faz com que motoristas e demais usuários das vias se exponham ao perigo constantemente. Não bastasse isso, outro problema recorrente é o aumento do número de quadrilhas que atuam no roubo de cargas.

Desse modo, quem trabalha com o transporte de mercadorias precisa estar sempre com o sinal de alerta ligado aos possíveis incidentes que podem ocorrer ao longo do percurso.

No entanto, se você é gestor de frotas, deve saber que todos esses fatores recaem sobre a empresa responsável pelo transporte, certo? Por isso a importância em utilizar sistemas de gerenciamento para promover uma maior segurança do trabalho no transporte de cargas.

Assim como comentamos anteriormente, medidas de segurança mantêm motoristas e clientes mais tranquilos em relação ao transporte das mercadorias.

É por essa razão que você precisa considerar o uso de soluções que reduzam as chances de problemas mais graves durante o percurso.

Para que você tenha uma ideia mais clara da importância dessas medidas, vamos comentar, a seguir, sobre os riscos que os motoristas correm ao transportar cargas. Confira!

Quais os riscos para os motoristas no transporte de cargas?

De acordo com o que já foi comentado, um dos riscos constantes aos quais os motoristas se submetem é a precariedade das estradas. Isso gera uma maior insegurança, devido à possibilidade de ocorrência de acidentes, os quais podem resultar em fatalidades.

Muitas estradas pelo Brasil apresentam pavimentação precária, pouca sinalização, iluminação insuficiente e, além disso, motoristas imprudentes.

Esse combo é sinônimo de perigo constante para quem precisa estar diariamente nas estradas para realizar o transporte de cargas.

Essa situação, em muitos casos, obriga os condutores a dirigir com uma velocidade inferior à ideal, o que pode colocá-los como futuras vítimas das quadrilhas de roubo de cargas.

Outro problema constante é a possibilidade de problemas com o veículo, o que muitas vezes é causado pela falta de manutenção.

Essa situação é extremamente perigosa, pois potencializa as chances de acidentes, colocando em risco a integridade dos caminhoneiros e demais usuários das vias.

Não podemos deixar de comentar, ainda, os riscos à saúde e ao bem-estar dos condutores ao transportarem mercadorias.

Imagine você transportando uma carga e tendo a preocupação de evitar qualquer incidente, no sentido de que os prejuízos podem ser incalculáveis, caso aconteça algum problema.

Afinal, caso aconteça algum problema, a empresa responsável pelo transporte deve arcar com os prejuízos gerados pelo incidente. Por isso, a fim de evitar complicações, existem medidas de segurança do trabalho no transporte de cargas que sua empresa pode tomar.

Para saber mais sobre elas, leia o tópico a seguir.

Medidas de segurança do trabalho no transporte de cargas

De acordo com o que você viu até aqui, é grande a importância de medidas de segurança do trabalho no transporte de cargas.

Para ilustrar melhor essa necessidade, é válido comentar o levantamento feito pela Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística a respeito do roubo de cargas no Brasil durante o ano de 2021.

Conforme os dados dessa pesquisa, durante os 12 meses do ano, 14.434 ocorrências foram registradas.

É importante mencionar, ainda, que grande parte desses casos ocorreu na região Sudeste do país, que somou um total de 11.932 roubos, o equivalente a 82,66% do número nacional.

Ainda conforme o levantamento, em 2021, quase 2 milhões de reais foram subtraídos em decorrência dessas ações criminosas. Sendo assim, é urgente a utilização de sistemas de acompanhamento logístico para a segurança do trabalho no transporte de cargas.

A fim de ajudá-lo a definir algumas ações para reduzir as chances de incidentes desagradáveis, vamos apresentar algumas medidas interessantes a seguir. Acompanhe.

Conscientização Maio Amarelo

Assim como outras campanhas famosas, como o Outubro Rosa e o Novembro Azul, existe um movimento muito importante, que é o Maio Amarelo.

Essa campanha visa mobilizar a sociedade, o governo, as associações e demais entidades de classe, a nível internacional, para a conscientização sobre a importância da prevenção de acidentes de trânsito.

Infelizmente, essa ainda é uma das grandes causas de mortes pelo mundo inteiro, o que gera a necessidade de ações para alertar os motoristas sobre a necessidade de uma condução consciente.

Por isso, é fundamental que sua empresa venha a aderir à campanha caso ainda não tenha participado, para estabelecer um diálogo mais aberto com seus colaboradores.

Muitas vezes, o trabalho no trânsito se torna tão exaustivo, que alguns motoristas deixam de considerar alguns fatores de segurança importantes.

Por isso, principalmente durante o mês de maio (mas também durante o ano todo), relembre os condutores sobre a importância de preservar a própria segurança, a dos outros e também a das cargas transportadas.

Sensor de fadiga

Uma forma de usar a tecnologia a favor da segurança do trabalho no transporte de cargas é investir em um sensor (ou detector) de fadiga.

Isso porque, esse sistema consegue perceber e verificar a forma como o condutor se comporta, por meio da combinação de dados sobre os movimentos do veículo, a estrada e a atenção do motorista.

Hoje em dia, há vários tipos de sensores de fadiga disponíveis no mercado, os quais vão dos mais simples aos mais tecnológicos. Os mais simples costumam detectar informações básicas, como a fadiga e a sonolência do motorista.

Por sua vez, os completos podem verificar até 7 comportamentos do condutor, os quais podem gerar mais riscos. Com isso, as soluções que podem prevenir acidentes conseguem captar informações importantes.

Dentre elas, fadiga, uso de celular, distrações, mudança de pista sem sinalizar, falta do uso do cinto de segurança, distância arriscada dos demais veículos e o ato de fumar enquanto dirige.

Repare, dessa forma, como um sistema de detecção de fadiga pode ser crucial para que a carga transportada, bem como o motorista, chegue em segurança ao destino.

Direção defensiva

Não deixe de considerar que é primordial capacitar os motoristas para a realização do trabalho.

E uma das formas de fazer isso é treiná-los para assumir atitudes ao volante a favor de uma direção defensiva.

Ou seja, é importante orientá-los para assumir condutas responsáveis e conscientes no trânsito, pois essa é uma das melhores formas de dirigir com segurança.

Assim, lembre-os de que não se deve usar o celular ao volante, que as ultrapassagens devem ser realizadas apenas quando permitido e que os limites de velocidade precisam ser respeitados.

Esses são apenas alguns exemplos de práticas seguras ao volante, mas há muitos outros alertas fundamentais, os quais podem ser transmitidos por meio de cursos de atualização de direção defensiva.

Portanto, enquanto gestor de frotas, lembre-se de oportunizar momentos de capacitação e atualização para seus colaboradores.

Manutenções de prevenção

Outra situação que gera riscos aos motoristas e às cargas transportadas é a falta de manutenção dos veículos. Para rodar com segurança, cada caminhão deve estar em dia com todas as revisões e receber todas as manutenções necessárias.

Afinal, não dar manutenção aos veículos potencializa as chances de falhas mecânicas. Por essa razão, é necessário identificar e solucionar antecipadamente possíveis problemas da frota.

Porém, a manutenção previne não somente a ocorrência de acidentes, mas também aumenta o tempo de vida útil dos veículos, evitando maiores gastos com a aquisição de novos caminhões.

Dessa forma, é crucial ter um calendário de manutenções, as quais devem acontecer com periodicidade em cada um dos veículos da frota.

Mapeamento de riscos

Uma das primeiras atitudes a serem tomadas por todo gestor de frotas é mapear os possíveis riscos de incidentes. Isso porque, essa é uma forma de se manter preparado para quaisquer eventualidades, de modo a conseguir agir com eficácia na solução de problemas.

O mapeamento de riscos, portanto, é uma forma de observar falhas do transporte de cargas e definir meios de solucioná-las. Assim, além de conseguir resolver situações problemáticas com mais rapidez, você pode antecipar os riscos, tomando atitudes para evitá-los.

Roteirização

A roteirização de cargas é importante para otimizar o planejamento das viagens, diminuir custos  e aumentar a produtividade.

Além disso, ela é fundamental para definir as melhores estradas, as quais estejam bem asfaltadas e que tenham os menores índices de acidentes e roubos.

Ademais, a roteirização envolve definir o melhor veículo para a operação, o qual respeite o limite máximo de carregamento.

Isso porque, ao definir o caminhão errado para o transporte de determinada carga, pod ocorrer um desgaste maior da suspensão e dos eixos, o que gera gastos e pode causar acidentes.

Sistema Integrado de Prevenção de Acidentes

O sistema integrado de Prevenção de Acidentes é uma solução tecnológica, a qual visa reduzir perdas e gerenciar as vulnerabilidades do processo de transporte de cargas.

Para isso, esse sistema observa as atitudes do condutor a partir da análise de dados, como, por exemplo, os índices de velocidade e o tempo de condução. O mais interessante da Prevenção de Acidentes é que não é necessária a instalação de nenhum equipamento adicional no veículo.

Com o Sistema Integrado de Prevenção de Acidentes, sua empresa tem benefícios, tais como o controle de tempo de condução, controle de velocidade e gestão de processos.

Dessa forma, você obtém acesso on-line a informações sobre a operação, e embarcadores e transportadores conseguem acompanhá-las em tempo real.

Com isso, você pode analisar dados sobre veículos e motoristas, bem como detalhamentos da viagem e rotas.

Se você quiser conhecer mais sobre a Prevenção de Acidentes e o uso de tecnologia para aumentar a segurança do trabalho no transporte de cargas, confira nosso webinar, no qual explicamos tudo sobre o assunto.

Conte com as soluções da BRK Tecnologia para aumentar a segurança do trabalho no transporte de cargas

Agora que você sabe como aumentar a segurança do trabalho no transporte de cargas, não há motivo para não implementar medidas que tragam esse benefício à sua empresa.

Para isso, conheça as soluções da BRK Tecnologia. Conosco, você conta com um modelo de gestão composto por um time de especialistas em operações de gestão de riscos.

Em nossa central de monitoramento, utilizamos técnicas modernas e tecnológicas para analisar o fluxo de informações, verificar rotas, desenvolver PGR (Programas de Gestão de Riscos), treinar condutores e detalhar operações no transportador e embarcador.

Portanto, fale com um especialista da BRK Tecnologia e conheça melhor nossas soluções para a sua empresa.

Fique à vontade para conferir outras publicações do Blog da BRK Tecnologia.