Drones na logística cooperam para as operações de transporte de cargas

Pessoa controla drones na logística

O uso de veículos aéreos não tripulados não é recente, como visto com os drones na logística. Os drones surgiram no início dos anos 1960, para fins militares, e começaram a chamar a atenção na década de 1980. A novidade, agora, está em seu aproveitamento na logística e no monitoramento das operações de transporte de cargas.

No Brasil, o voo inaugural de um drone ocorreu em 1983 e os primeiros modelos eram usados apenas para a captação de imagens. Hoje, mais fortes, robustos, autônomos e resistentes, eles vêm ganhando popularidade no setor logístico.

Se você ainda tem dúvidas de que a inovação e a tecnologia são caminhos sem volta para empresas que fazem a movimentação de cargas, confira este post e entenda como o uso de drones na logística será importante para a segurança e a eficiência das operações.

Uso de drones na logística

A Amazon é uma das pioneiras nos testes de drones em serviços de entrega. Desde 2013 a empresa estuda esse modal e espera atender cerca de 75% da demanda com voos de 30 minutos em distâncias de até 24 quilômetros.

No Brasil, entre as primeiras empresas a testar o uso de drones em entregas está a SMX Systems, em 2018. O projeto estava focado no aproveitamento desse modal para o envio de produtos farmacêuticos a áreas de difícil acesso ou alto risco de sinistros, especialmente em casos de emergências médicas.

Além das entregas, os drones podem ser usados também em outras fases da cadeia logística, como o monitoramento de embarques e desembarques, controle de ocupação de docas e armazéns e acompanhamento das viagens.

No serviço last mile, por exemplo, os equipamentos são uma alternativa para agilizar a entrega dos produtos no trecho entre o centro de distribuição e o destino. Na gestão de estoques, contribuem na contagem de mercadorias por meio de RFID, código de barras ou volume por área.

Vantagens do uso de drones no monitoramento dos transportes

Uma das condições indispensáveis para a alta performance logística é a visibilidade operacional. Imagine com que facilidade as informações obtidas por drones podem ser enviadas, em tempo real, para gestores, gerenciadoras de risco, clientes e profissionais envolvidos na cadeia logística.

As vantagens do uso de drones na logística incluem:

  • identificação de gargalos e problemas operacionais;
  • redução de custos;
  • ampliação da segurança física e patrimonial;
  • otimização de processos;
  • monitoramento dos transportes e do fluxo de veículos nos centros de distribuição;
  • identificação e registro de problemas de infraestrutura e segurança nas estradas ou nos locais de carga e descarga;
  • agilidade e eficiência nas entregas, com otimização da mão de obra;
  • redução de sinistros;
  • alcance em áreas de difícil acesso, com barreiras geográficas ou perigosas;
  • ganhos ambientais decorrentes da redução na emissão de gases poluentes emitidos na atmosfera;
  • melhorias no trânsito das cidades;
  • ampliação no nível de satisfação dos clientes e ganhos na imagem da empresa;
  • manutenção da competitividade.

Como é feita a integração de drones na logística

O uso de drones por embarcadores e transportadores é uma tendência que oferece inúmeras vantagens, mas também requer cuidados e atenção na sua aplicação.

O primeiro passo é fazer uma análise do tipo de operação e contar com equipamentos preparados para cada atividade. Drones de monitoramento e rondas de segurança, contam com dispositivos diferentes dos drones usados em armazéns e no controle de estoques, por exemplo.

O treinamento para utilização desses equipamentos é outro aspecto essencial, assim como o cumprimento às regulamentações e autorizações de voo. A Portaria Normativa 101/GM-MD, do Ministério da Defesa, trata dos procedimentos para a atividade de aerolevantamento no Brasil.

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) também mantém regras para as operações civis de aeronaves não tripuladas, como o Regulamento Brasileiro de Aviação Civil Especial 94/2017, complementar às normas de operação de drones estabelecidas pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo.

Mais segurança no transporte de cargas

A tecnologia é fundamental para a redução dos índices de sinistros e dos prejuízos causados por acidentes e roubo de cargas. No Brasil, o uso de drones vem ganhando cada vez mais espaço como uma solução para aprimorar a segurança e reduzir os custos no setor logístico.

O uso de drones na logística, associado a outras soluções tecnológicas desenvolvidas por nossos especialistas em gestão logística e de riscos, com isso a BRK Tecnologia, eleva os padrões de eficiência, produtividade e segurança para a sua operação.

Com mais de 3 milhões de viagens monitoradas todos os anos e mais de R$ 600 bilhões em cargas gerenciadas anualmente, a BRK oferece produtos como o Gerenciamento de Risco e a Prevenção de Acidentes.

Com o uso dessas ferramentas aliadas a outras tendências e inovações do setor, sua empresa terá operações mais seguras, ágeis e com custos reduzidos.

Fale agora com um especialista e aumente a performance operacional das suas operações de transporte.

Gostou deste artigo? Leia também Tendências logísticas para 2022