15 dicas para evitar prejuízos na operação logística

Galpões preparados para evitar prejuízos na operação logística

O modal rodoviário é responsável por mais de 60% da movimentação de cargas no Brasil e os prejuízos na operação logística precisam de atenção.

Tão grande quanto a sua importância para a economia são os desafios a serem vencidos no dia a dia.

Para evitar prejuízos na operação logística, uma série de medidas é fundamental.

Fazer com que o transporte e o armazenamento de mercadorias sejam eficientes, garantindo sucesso e lucratividade na operação, envolve o gerenciamento dos riscos, prevenção de acidentes, boas práticas administrativas e investimentos em tecnologia, automação de processos e integração de sistemas.

Neste artigo, apresentaremos dicas essenciais para evitar prejuízos na operação logística.

Se você quer aumentar a performance operacional da sua empresa, fiquem conosco e boa leitura!

Mais eficiência nas operações logísticas

Consciente dos principais desafios impostos às empresas que fazem a movimentação de cargas no país, é hora de colocar em prática algumas iniciativas.

Confira 15 dicas importantes para evitar prejuízos na operação logística:

  • Identifique e classifique os riscos conforme o impacto sobre a operação, as condições de prevenção ou resolução de cada um e estabeleça prioridades.
  • Reconheça as falhas operacionais e de gestão, pois somente com a ciência de todos os gaps é possível definir estratégias de melhoria e ser assertivo nas decisões.
  • Invista em tecnologia e utilize ferramentas modernas para automatizar os processos e aprimorar a gestão.
  • Priorize a boa gestão de estoque, e o início de uma operação logística eficiente.
  • Aposte em um plano de gerenciamento de riscos focado na sua operação, com soluções de rastreamento, monitoramento e sistemas inteligentes que permitam a visibilidade operacional.
  • Aprimore os critérios para contratação de fornecedores e prestadores de serviço. A gestão de riscos passa pela seleção dos parceiros.
  • Mantenha análises sistemáticas de indicadores: a mensuração do desempenho define os pontos a serem aperfeiçoados e as estratégias para alocação de recursos.

E principalmente:

  • Faça a roteirização e o planejamento das viagens para prevenir e reduzir os riscos, mitigar prejuízos e controlar custos.
  • Entenda a importância dos softwares especializados para o monitoramento das operações em tempo real e utilize-os.
  • Tenha boas apólices de seguro, além da cobertura de acidentes. Inclua um seguro como o RCF-DC, que aumenta a proteção contra roubos e furtos.
  • Mantenha planos de manutenção preventiva da frota, evitando imprevisto, prejuízos e interrupção nos fluxos de transporte que levem a atrasos e prejudiquem a imagem da empresa.
  • Invista no treinamento das equipes — sejam motoristas ou profissionais de outras áreas. Times preparados otimizam os processos de logística de transporte.
  • Priorize a comunicação com parceiros, fornecedores e clientes. Transparência e clareza são aspectos importantes.
  • Utilize sistemas integrados para concentrar informações sobre pedidos, estoque, emissão de documentos e notas, entregas, embarques e desembarques, rastreamento e monitoramento de viagens, avaliação de indicadores de gestão, etc.
  • Conte com parceiros especializados em gerenciamento de risco e gestão logística para aprimorar suas operações.

Riscos controlados, prejuízos na operação logística evitados

Gerenciar os riscos e investir em soluções de gestão de estoques, monitoramento de cargas, prevenção de sinistros e otimização de processos promove a assertividade na tomada de decisões e aumenta os ganhos.

Para ajudar na missão de melhorar a performance operacional no setor e evitar prejuízos na operação logística, a BRK Tecnologia oferece soluções integradas que permitem o gerenciamento de riscos e monitoramento de transportes.

Nossas soluções possuem foco na segurança, otimizam recursos e auxiliam no gerenciamento dos riscos logísticos com visibilidade das vulnerabilidades, além de monitorar e capacitar motoristas.

Gerenciamento de Risco, Gestão Logística e Prevenção de Acidentes, conheça o que cada uma delas pode fazer na sua operação!