12 medidas essenciais de segurança no transporte de cargas nos modais rodoviário, aéreo e marítimo

Pessoa verifica o caminhão para as medidas de segurança no transporte de cargas

A segurança no transporte de cargas é um fator crítico para a eficiência operacional e a satisfação do cliente no setor logístico. Nesse sentido, implementar medidas robustas é fundamental para prevenir perdas, danos e garantir a segurança de todos os envolvidos.

Inclusive, o gerenciamento de risco deve ser uma prioridade, e é essencial estar bem informado sobre as melhores práticas do mercado.

Pensando nisso, a BRK Tecnologia preparou este artigo destinado aos gestores logísticos, que buscam elevar os padrões de segurança nas operações de transporte rodoviário, aéreo e marítimo.

Continue lendo para descobrir estratégias eficazes e assegurar que suas cargas cheguem ao destino final sem contratempos.

Importância da segurança no transporte de cargas: situação do Brasil no setor

A segurança no transporte de cargas são importantes porque ajudam a garantir a segurança tanto dos trabalhadores quanto das pessoas ao redor no trânsito.

Além disso, essa é uma forma de preservar a integridade da carga transportada, evitando prejuízos e aumentando os lucros da operação.

A propósito, uma pesquisa feita pela NTC&Logística indicou que ocorreram mais de 14 mil casos de roubo de cargas pelas estradas e rodovias brasileiras, só no ano de 2021. No entanto, esse não é o único problema relacionado à segurança no transporte de cargas.

Por exemplo, podemos mencionar a falta de preparo dos condutores, falta de manutenção dos veículos, estradas em situações precárias, entre vários outros fatores.

Dessa forma, é fundamental que a sua empresa tenha preocupação quanto a esse aspecto. Por isso, a seguir, confira algumas medidas de segurança no transporte rodoviário, aéreo e marítimo de cargas.

12 medidas de segurança para transporte rodoviário, aéreo e marítimo de cargas

Como mostramos acima, a segurança no transporte de cargas é essencial. Sendo assim, a partir de agora,

Medidas de segurança para transporte rodoviário de carga

O transporte rodoviário de mercadorias e produtos é um dos serviços de maior demanda no Brasil.

Afinal, nosso país tem uma enorme extensão territorial, o que faz com que tenhamos um dos maiores fluxos de transporte de cargas pelas estradas brasileiras.

Além disso, vale destacar que o transporte rodoviário predomina em relação às demais formas de locomover mercadorias.

Por essa razão, é muito importante que todos os gestores de carga fiquem atentos às medidas de segurança necessárias. A seguir, confira algumas ações relevantes.

Verificação do veículo antes da viagem

Não deve ser novidade dizer que os caminhões são os principais meios de transporte rodoviário em circulação pelas estradas brasileiras.

Desse modo, tendo em vista principalmente que é um veículo de grande porte, é crucial garantir que ele funcione adequadamente e com eficiência.

Para isso, você precisa fazer manutenções periódicas nos veículos que compõem a frota, para verificar a existência de qualquer problema.

Por exemplo, se houver alguma falha no sistema mecânico do caminhão e ele for colocado em uso, pode haver algum acidente ou imprevisto que coloque em risco a segurança das pessoas, bem como, pode atrasar a realização do serviço.

Sendo assim, é primordial submeter os caminhões às manutenções preventivas. É possível criar um calendário para fazer as revisões, para mantê-lo sempre em bom estado.

A seguir, veja quais são os principais itens que devem constar nas manutenções de rotina:

  • filtros de ar, óleo e combustível;
  • sistemas elétricos;
  • sistema de freios;
  • sistema de suspensões;
  • módulo de injeção;
  • conservação dos pneus;
  • luzes de sinalização.

Quando a empresa mantém esses e outros itens em bom funcionamento, menores são as possibilidades de ocorrências que coloquem em risco a segurança do transporte. Com isso, é possível evitar até mesmo gastos desnecessários com reparos ou indenizações.

Treinamento para motoristas

Os motoristas exercem papel fundamental no transporte de cargas, pois são responsáveis por diversas operações que envolvem esse processo. Por isso, eles devem possuir as devidas condições para lidar com certos imprevistos que possam ocorrer.

Desse modo, a empresa deve investir em treinamentos e atualizações para os motoristas, de maneira que eles possam se preparar em relação a medidas securitárias no transporte de cargas.

Por exemplo, eles podem aprender aspectos básicos de manutenção, direção defensiva, entre outras questões importantes.

Amarração de cargas

Outra medida importante, refere-se a respeitar o transporte adequado, ou seja, o veículo certo para cada tipo de carga. Em muitos casos, acidentes e outros imprevistos que colocam em risco a segurança do transporte estão relacionados com negligências a esse aspecto.

Por isso, além de destinar o veículo adequado para o transporte, é fundamental verificar o peso da carga transportada. Além disso, também deve ser analisado o volume da carga.

Afinal, transportar mercadorias em quantidade excessiva pode causar acidentes sérios no meio do caminho.

Sendo assim, é necessário certificar-se de que o conteúdo esteja bem preso, para evitar que algo se solte, colocando todos ao redor em risco.

Essas são apenas algumas medidas relacionadas ao transporte rodoviário. A seguir, confira dicas de segurança no caso do transporte aéreo.

Medidas de segurança para transporte aéreo de carga

Ao contrário do que se pode imaginar, não é somente o transporte rodoviário que precisa de soluções para gerenciamento de risco. Pois, as demais formas de transporte de cargas também devem acontecer com o máximo de segurança possível.

Um exemplo disso é o caso do transporte aéreo. Para ajudá-lo a perceber algumas medidas importantes para este caso, fizemos uma lista, que você confere logo abaixo.

Inspeção de cargas

Tendo em vista que o embarque e desembarque de mercadorias para transporte aéreo pode ser uma tarefa complexa, é fundamental o cuidado desde o início do processo.

Com isso, é preciso verificar os procedimentos de segurança e os requisitos para o transporte de cada tipo de produto em aviões.

Para isso, é interessante que ocorra uma rígida inspeção da carga, talvez, até maior do que aos demais meios de transporte. Desse modo, é possível garantir, que entre no avião apenas o conteúdo adequado, não colocando em risco o deslocamento da aeronave.

Segurança de aeroportos

Para que tudo aconteça com a segurança necessária, é importante que haja muito empenho no trabalho realizado nos aeroportos.

Como os aviões possuem equipamentos acoplados para mantê-los em equilíbrio e estabilizado, é importante que ocorra a pesagem da carga.

Isso porque, os produtos em transporte possuem volumes e pesos diferentes, e a medição prévia pode ajudar a acomodá-los de forma adequada.

Além disso, é importante tomar cuidado, para não atingir a capacidade máxima. Portanto, deve-se incluir a equipe que estará no avião, bem como o peso da aeronave nos cálculos.

Emergências a bordo

Ainda que se tomem todos os cuidados para garantir as medidas de segurança no transporte de cargas em aviões, pode ocorrer algum imprevisto durante a viagem.

Neste caso, podem ocorrer problemas delicados para os produtos, e claro, para as pessoas que estiverem a bordo.

Por isso, é muito importante ter cuidado ao embarcar com a carga, bem como, contar com pilotos e copilotos que saibam como agir quando algum imprevisto acontecer.

Agora que você sabe o que fazer para garantir a segurança no transporte aéreo, que tal ver o que precisa ser feito no caso do deslocamento marítimo? Para isso, siga a leitura.

Segurança para transporte marítimo de carga: medidas essenciais

Além das modalidades de transporte que comentamos nos tópicos anteriores, vale a pena olhar para o transporte marítimo.

Apesar de não ser muito comum ouvir falar em acidentes com navios, eles acontecem, e muitas vezes, se devem a falhas nos procedimentos de segurança.

Por esse motivo, veja algumas dicas de como manter a segurança ao transportar cargas pelo mar.

Inspeção de navios e embarcações

Assim como acontece com outros meios de transporte, os navios e as embarcações precisam passar por procedimentos de inspeção.

Afinal, o veículo deve corresponder às normas de segurança, para diminuir a possibilidade de acidentes.

Desse modo, se você é gestor de logística de transporte marítimo, lembre-se de manter a frota sempre em dia e com todas as manutenções adequadas.

Segurança em portos

O trabalho nos portos exige uma série de medidas de segurança, visto que é um ambiente em que ocorrem inúmeras operações. Por exemplo, é interessante mencionar a colocação de contêineres em navios para o transporte das cargas.

Essa operação exige que todos os envolvidos sejam capacitados para poderem realizar o serviço com todos os cuidados necessários.

Com isso, é possível garantir a integridade não apenas das pessoas envolvidas, como também, da carga, de modo a reduzir a chance de prejuízos.

Emergências a bordo

Da mesma maneira, como acontece com outros tipos de transporte, existe a possibilidade de que ocorra alguma emergência durante o trajeto.

Neste caso, é importante destacar a necessidade de profissionais preparados e que saibam como agir em um imprevisto. Muitas vezes, seja em navio, avião ou caminhão, a carga em transporte é classificada como perigosa.

Em casos como esse, é primordial saber como tomar as devidas medidas de segurança para o transporte desse tipo de carga.

Se você quiser saber como fazer um deslocamento seguro de carga perigosa, leia o tópico a seguir, no qual vamos falar sobre esse tema.

Como transportar as cargas perigosas?

Garantir a segurança no transporte de cargas com substâncias perigosas é dever de toda a empresa que lida com esse tipo de carga.

Afinal, essa atividade requer a manipulação de produtos, cuja origem pode ser química, biológica ou radiológica.

Sendo assim, é necessário lembrar que esses produtos podem causar danos às pessoas e ao meio ambiente.

Portanto, para evitar problemas, um sistema de gestão como a Prevenção de Acidentes pode ser muito útil, assim como, as dicas que apresentaremos a seguir. Confira!

Identificação e classificação de cargas perigosas

Para transportar carga perigosa de modo seguro, é fundamental identificar o produto que será carregado. Assim, a empresa deverá solicitar uma autorização ambiental para transportar produtos perigosos ao Ibama.

Além disso, saber o tipo de produto a ser transportado é importante para ser possível apresentar o rótulo de risco, bem como, o número, ONU e o painel de segurança.

Vale reforçar que essa identificação precisa estar em local de fácil visibilidade, para ser possível identificar o tipo de substância em caso de acidente.

Armazenamento e transporte de cargas perigosas

O transporte de cargas perigosas exige o uso de embalagens apropriadas. Sendo assim, é necessário identificar as características da carga de maneira clara.

Afinal, cada categoria de produto perigoso precisa de um tipo específico de proteção.

Portanto, o armazenamento precisa ser feito em embalagens de cor e volumes fáceis de identificar.

Ainda, elas precisam ser de materiais resistentes e com alto grau de durabilidade, para poderem suportar as particularidades do produto.

Treinamento para motoristas e equipes de transporte

Segundo as leis de trânsito brasileiras, os condutores de veículos que carregam produtos perigosos devem ter preparação para exercer essa atividade.

Por isso, é necessário garantir que sua equipe tenha a certificação de Transporte de

Produtos Perigosos (TPP). Essa certificação é obtida a partir de cursos, no qual eles podem aprender as normas específicas, técnicas de prevenção de acidentes, entre outros.

Contudo, é importante oferecer demais formas de treinamento que se fizerem necessárias, fornecer e exigir o uso de EPIs.

Dessa maneira, é mais fácil evitar problemas durante o transporte, pois se lembre de que o motorista é um componente fundamental do transporte de cargas, sejam elas perigosas ou não.

Conte as soluções da BRK para o transporte de cargas

Como você pôde perceber, é muito importante adotar medidas de segurança no transporte de cargas. Isso porque elas ajudam a evitar acidentes e outros imprevistos que podem gerar danos e prejuízos.

No entanto, sabemos que nem sempre é fácil fazer essa gestão logística sozinho, pois, o trabalho é bastante complexo. Por essa razão, você só tem a ganhar, optando por usar a Torre de Controle Logístico da BRK Tecnologia.

Para se ter uma ideia, essa solução permite a integração de diversos fatores que melhoram os resultados das operações em uma cadeia de suprimentos.

Isso é possível graças à junção de diversas tecnologias inteligentes à equipes formadas por profissionais capacitados e bem treinados.

Com isso, obtém-se um nível mais elevado de monitoramento e maior eficiência e segurança nos processos logísticos.

Sendo assim, comece agora mesmo a fazer acompanhamento logístico e o gerenciamento de riscos e a prevenção de acidentes por meio do sistema sistema informatizado de gestão da BRK.

Para saber mais sobre as nossas soluções, fale com um especialista e tire todas as suas dúvidas. Estamos à disposição.

Esperamos que este conteúdo tenha te ajudado. Se quiser saber mais, confira outros artigos do Blog da BRK!