Telemetria: o que é e as vantagens para o transporte de cargas

Imagem de destaque

Entender o que é telemetria é fundamental para os gestores que buscam pelas melhores maneiras de tornar o transporte de cargas mais eficiente e seguro.

Isso porque, trata-se de uma ferramenta essencial para a otimização dos processos de gestão logística, a partir do levantamento e armazenamento de dados coletados em tempo real.

Sendo assim, elaboramos este conteúdo completo, esclarecendo todas as vantagens dessa tecnologia e como você pode aplicá-la para tornar as operações da sua empresa mais eficazes e seguras. Boa leitura!

Para que serve a telemetria?

A telemetria é uma tecnologia utilizada para medir dados remotamente, enviando-os para uma central de monitoramento. A própria construção da palavra já indica seu significado, pois, “tele” significa “remotamente” e “metria” significa “medição”.

Portanto, a partir de um equipamento instalado no objeto que será controlado, torna-se possível medir informações, como distância, espaço, tempo e localização e transmiti-los para uma central de maneira remota, via internet, rádio ou celular.

Inicialmente, o conceito surgiu no início do século XX, para controlar redes de telefonia e transmissão de dados. Então, expandiram sua utilização para diversos setores, como aeroespaciais, automotivos, agrícolas, entre outros.

O que é telemetria veicular?

Para entender o que é telemetria veicular, é importante compreender que se trata da aplicação da tecnologia em operações logísticas para acompanhar a performance de motoristas e veículos da frota.

Então, os principais indicadores monitorados são:

  • velocidade;
  • consumo de combustível;
  • rotas;
  • freadas e acelerações bruscas;
  • RPM excessivamente alto;
  • motor ocioso.

Sendo assim, essa é uma maneira de disponibilizar dados em tempo real para o gestor de frotas. Dessa forma, ele se torna capaz de tomar decisões com mais precisão e em menos tempo. Como consequência, otimiza-se a operação e os custos diminuem.

Entenda, na prática, como funciona a telemetria

Para saber mais sobre o que é telemetria, vale destacar que existem duas formas principais de realizar a coleta de dados: de maneira analógica ou digital.

Cada uma delas apresenta vantagens e desvantagens específicas e modos de aplicação distintos. Por isso é importante conhecer mais sobre suas especificações.

Portanto, confira as principais diferenças entre as duas alternativas!

Telemetria Analógica

No caso da telemetria analógica, a coleta de dados é feita individualmente em cada sensor instalado. Então, cada parâmetro analisado deverá contar com um sensor específico, que será lido posteriormente.

Isso quer dizer, que se você quiser monitorar a velocidade do veículo, precisará instalar uma ferramenta única para isso. Se quiser analisar, também, o RPM, terá que providenciar outra e assim por diante.

No entanto, embora esse método seja aplicável mesmo nos veículos mais antigos, a quantidade de trabalho envolvida na coleta e análise das informações mostram-se  injustificáveis atualmente.

Isso porque a tecnologia avançou muito, e o processo se tornou muito mais prático e eficiente.

Telemetria Digital

No que se refere a telemetria digital, a coleta de dados é feita a partir da central eletrônica do veículo. Dessa forma, não é necessário instalar um sensor em cada componente do carro para se obter diferentes informações.

Isso porque, desde 2009, estabeleceram-se diversos padrões no mercado, que facilitam a leitura digital. É o que acontece nos veículos pesados, como a rede CAN (Controller Area Network) à disposição para o tráfego de todas as informações do automóvel.

Assim, todos os componentes monitorados dos veículos passam a se comunicar por essa rede. Dessa forma, é necessário apenas a instalação de um dispositivo para leitura, diferentemente do que acontece no controle analógico.

Com isso, a avaliação dos indicadores se torna muito mais rápida, prática, precisa e menos trabalhosa, sendo possível enviar os dados em tempo real para a central.

Combinação da Telemetria com outras tecnologias embarcadas

Ao contrário do que muitos pensam, rastreamento e telemetria não são a mesma coisa. Isso porque, na maioria das vezes, o rastreamento utiliza a tecnologia de GPS (Global Positioning System, ou Sistema de Posicionamento Global).

Por outro lado, na telemetria, as informações são obtidas por meio da rede CAN, rastreadas e consolidadas no computador de bordo, já embarcado no veículo.

Em seguida, esses dados são transferidos para a central de monitoramento da empresa que presta este modelo de serviço.

Todavia, é possível afirmar que a telemetria é um recurso moderno, completo e eficaz que pode, inclusive, utilizar o rastreamento como ferramenta de coleta de dados. Logo, são recursos complementares e uma não exclui a outra.

As funcionalidades vão além da localização do veículo e permitem uma análise integral.

Quais as vantagens desse sistema?

Agora que você já sabe o que é telemetria e como ela funciona, já foi possível identificar alguns dos benefícios oferecidos por essa tecnologia. Sobretudo, trata-se de um recurso muito versátil e completo com diversas funcionalidades diferentes.

Sendo assim, entenda melhor quais são as principais vantagens dessa ferramenta a seguir!

A gestão se torna mais inteligente e precisa

A telemetria veicular permite que o gestor de frotas tome as decisões baseando-se em dados concretos. Dessa forma, cada etapa do processo tende a ser mais estratégica e elaborada de maneira mais inteligente.

Essa transformação se aplica tanto à identificação de problemas mecânicos do veículo quanto à percepção de novas oportunidades de negócios para a empresa.

Monitora a condução do veículo

Um dos grandes desafios enfrentados pelo setor logístico é o controle sobre o desempenho da frota, uma vez que, deixam os centros de distribuição. Afinal, em casos de danos nas cargas, atrasos, entre outros problemas, seria difícil saber de quem é a responsabilidade.

Contudo, a telemetria consegue monitorar o que acontece durante os trajetos, registrando dados como excessos de velocidade, freadas bruscas e desvios de rotas.

Então, além de identificar condutores ruins que precisam ser substituídos, é possível identificar os pontos da operação que precisam ser melhorados. Com isso, pode-se planejar diferentes classes de treinamentos para melhorar a performance dos motoristas.

Traz mais segurança

Após compreender o que é telemetria, percebe-se que ela também pode trazer mais segurança para os processos logísticos da sua empresa. Pois, o gestor poderá rastrear as atividades dos veículos e condutores no momento em que acontecem.

Nesse sentido, pode-se aumentar os níveis de prevenção de acidentes, principalmente por orientações passadas aos motoristas sobre direção defensiva e melhores práticas para preservação da integridade das cargas.

Além disso, essa tecnologia acelera a identificação de roubos e furtos do que está sendo transportado e dos próprios veículos.

Afinal, a sua equipe saberá, em tempo real, que está havendo desvio de rotas e diversas outras alterações repentinas de condução.

Mais produtividade

Um dos principais resultados obtidos por uma implementação de um sistema de telemetria é o aumento da produtividade. Ademais, com o maior número de dados disponíveis, o gestor terá mais recursos para montar estratégias mais eficazes.

Isso inclui a melhor definição de rotas, diminuição de distâncias, redução de gastos com combustível, entre outros fatores.

Outro ponto importante, é a capacidade mais elevada de antecipar problemas e se preparar.

Dessa forma, quanto mais dados são reunidos e analisados temporalmente, mais padrões de resultados são encontrados e possíveis de serem replicados ou amplificados.

Novas oportunidades de negócios

O investimento em novas tecnologias e otimização dos processos de uma empresa aumentam o surgimento de outras oportunidades de negócios. Como resultado, a organização terá cada vez mais destaque no mercado.

Portanto, a realização de bons trabalhos, com mais qualidade e rapidez, aumentará os níveis de satisfação dos clientes, trazendo mais reconhecimento e fortalecendo a sua marca.

Logo, quem não está em busca de uma empresa que honre seus compromissos no prazo combinado, por uma série de processos logísticos eficientes? Essas qualidades estão em escassez no mercado, e quem consegue executar bem esses quesitos, sairá na frente.

Como a telemetria contribui na gestão de frotas?

Ao entender mais sobre o que é telemetria, nota-se que é uma maneira de ter acesso a informações precisas e imediatas sobre as operações.

Por isso, ela é uma ferramenta poderosa para otimização dos processos de gestão de frotas. Sendo assim, veja quais são os aspectos que contribuem mais com esse planejamento!

Controle do consumo de combustível

Empresas que não implementam a telemetria geralmente fazem uma média do combustível consumido comparando o volume abastecido com a quantidade de quilômetros rodados.

A desvantagem desse método é o controle ser realizado apenas pelo abastecimento. Então, você percebe se os valores estão abaixo ou acima da média, mas não o que causa esses resultados.

Por outro lado, a telemetria permite que você identifique praticamente tudo que acontece no veículo, incluindo os fatores que estão levando a um consumo elevado de combustível.

Em compensação, é possível saber em quais etapas do trajeto o consumo aumentou, e relacioná-las à forma de condução do motorista. Com essas informações, o gestor poderá orientar melhor a equipe de motoristas a solucionar esses problemas.

Melhor organização de rotas

A telemetria possibilita o monitoramento dos veículos durante todo o trajeto realizado. Isso permite que o gestor identifique quais etapas do percurso apresentam melhores condições de tráfego.

Além do que, com o passar do tempo, cada vez mais informações são reunidas e diversos padrões começam a se revelar. Desse modo, pode ser que em determinados dias uma estrada esteja congestionada, mas a longo prazo, ela se mostre como a opção mais rentável.

Outra vantagem, é que ficará mais fácil testar novos caminhos, não havendo necessidade de esperar muito tempo para avaliar o desempenho. Como as informações chegam de maneira instantânea, fica mais fácil saber se uma rota é viável ou não.

Redução de acidentes

Por meio da telemetria, as equipes de monitoramento conseguem produzir relatórios atualizados, mostrando como os veículos estão sendo conduzidos durante o transporte da carga.

Sendo assim, cria-se a oportunidade de alertar os motoristas, tanto em reuniões posteriores quanto em tempo real, a respeito dos excessos de velocidade.

Além da segurança dos condutores, acidentes causados por falhas humanas, e imprudências, colocam em risco as cargas dos clientes que estão sendo transportadas, e o veículo que está sendo utilizado.

Menos custos com manutenção

Os automóveis utilizados nas operações logísticas estão suscetíveis a uma série de defeitos, causados pelo mau uso, ou pela simples ação do tempo.

Vale ressaltar, que quando se trata de preservação do equipamento, consertar algo sai mais caro do que mantê-lo em bom estado de conservação.

Com isso, a telemetria fornece dados, permitindo ao gestor elaborar um plano de manutenção preventiva mais eficiente.

Pois, com a utilização regular dos veículos, os desgastes tendem a seguir o mesmo padrão.

Então, a partir de padrões identificados, as equipes podem prever situações com mais precisão, como reposição de peças, troca de pneus, revisões, entre outros.

Inovação, prevenção e sustentabilidade fazem parte das soluções da BRK Tecnologia

Ao entender mais sobre o que é telemetria, percebe-se que essa é uma ferramenta essencial para a otimização do transporte de cargas de uma empresa.

Por isso, a BRK Tecnologia desenvolveu a Prevenção de Acidentes.

Em síntese, sem que você precise instalar qualquer equipamento adicional ao veículo, suas equipes conseguirão rastrear dados altamente relevantes a respeito do comportamento dos motoristas, como as velocidades praticadas e o tempo de condução.

Dessa forma, sua empresa poderá preservar mais vidas, reduzir multas consequentes de infrações de trânsito, entregar as cargas sem nenhum dano e usufruir de diversos outros benefícios sociais e financeiros.

Portanto, fale com um de nossos especialistas e saiba como você pode acelerar a transformação digital na sua empresa e operar com muito mais eficiência.

Para mais dicas sobre como tornar o transporte de cargas mais seguro, continue no Blog da BRK Tecnologia!